Fantasia

Fantasia

Fantasia

Nós damos forma e cor à fantasia
que nos inflama a pele de vontade
e, livres de pudor ou castidade,
vivemos de paixão a cada dia!…

O nosso amor tem plena liberdade!
Não se conduz por vias de heresia,
nem de pecado ou mal, sequer de orgia,
mas segue a nau repleto de verdade.

A carne é que conclama o seu roteiro
e, nus, nos entregamos por inteiro
aos sonhos que nos traz a intimidade…

E a fantasia a dois, plena de encanto,
repleta de prazer no gozo, e quanto,
se faz, sem dano algum, a realidade!…

Soneto: Fantasia – Paulo Braga Silveira Junior – Maio/2020

Outros Sonetos

Frio

Toco

O Amor

Tímida

Tarefa

Uma árvore

Poesia em Sonetos

110 Novos Sonetos

Poesia Poema e Soneto

ESTIGMA (Maria Thereza de Andrade Cunha)

Nestas horas de amor e de magia
Não fites os teus olhos, com ternura,
Nos meus olhos de mística ardentia,
Porque estes guardam sombras de loucura.

— Toma entre as mãos minha cabeça pura.
Conta-me, de teus sonhos, a poesia;
Beija-me a boca a arder que te procura;
Dá-me o teu riso, cheio de alegria.

Toma-me as mãos, afaga-as bem de leve,
Aquece-as, que estão hirtas sob a neve,
Aperta-me em teus braços num transporte.

… Mas afasta os teus olhos dos meus olhos,
Porque estes têm nos últimos refolhos,
A imensa nostalgia do além-morte!…

DESEJO (Maria Thereza de Andrade Cunha)

Na grande exaltação que me tortura,
porque desejo tanto e inutilmente,
o teu amor apenas me consente
a carícia das mãos, suave, pura…

Nunca um beijo de amor. Nunca doçura
de um longo beijo, rubro, e insano, e ardente.
Nunca teu braço, apaixonadamente,
ao redor de meus ombros, da cintura…

Apenas tuas mãos postas nas minhas.
— Por que não vês, porque não adivinhas
tudo que, em vão, meus lábios já sonharam?…

… Ah! quando a sós estou, Deus! como louca,
Num beijo insatisfeito esmago a boca
nas minhas mãos, que as tuas afagaram!…

3 Comentários

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: