Soneto – O que é?

Soneto – O que é?

Soneto – O que é?

Poesia vem do grego Poíesis que significa “o que foi criado”, assim sendo, tudo ao nosso redor é poesia, céu, terra, mar, flores, animais, estrelas, firmamento, etc.

O Poema é o registro escrito em forma literária do que é a poesia.

Já o Soneto é uma forma literária de estrutura fixa, composta por 14 versos. Destes 14 versos, 2 são quartetos e 2 são tercetos, ou seja, 2 possuem um conjunto de 4 versos, e 2 um conjunto de 3 versos.

A delicadeza do Soneto está na sua sonoridade. A própria palavra Soneto tem o significado de “pequeno som”.

Regras para composição de um Soneto

Os Sonetos de conteúdo lírico, precisam obedecer determinadas regras, tais como: estrofe, verso, métrica, rima.

Verso é cada linha de uma poesia, já a estrofe é o conjunto de versos de uma determinada seção do poema.

Métrica refere-se à quantidade de sílabas poéticas que compõem o verso.

Num Soneto as sílabas são contadas até a tônica da última palavra.

Observa-se também, na contagem de sílabas, as aglutinações sonoras. Exemplo: da alma, lê-se d’alma. Da alma normalmente se contam 3 sílabas, mas na aglutinação sonora, ela passa a ter 2 sílabas.

Sendo assim, há diferença entre sílabas gramaticais e as sílabas poéticas ou métricas.

Rimas

A Rima é estabelecida como concordância de sons das últimas palavras de cada verso.

As rimas poderão ser entrelaçadas ou opostas, de maneira que a rima do primeiro verso rimará com a rima do quarto e o segundo com o terceiro. Seria: abba.

Também podem ser feitos observando as rimas abab, no que se refere aos quartetos. Já os tercetos podem ser cde, cde ou cdf, cdf.

Cadência nos Versos de um Soneto

Há de se destacar também a Cadência nos versos. Nos versos heroicos, as sílabas tônicas deverão cair nas posições 6 e 10. Já nos versos sáficos, as tônicas cairão nas 4, 8 e 10 posições.

As Estrofes seguem, por conta do número de versos que compõem a seguinte classificação: 1 verso: monóstico; 2 versos: dísticos; 3 versos: terceto; 4 versos: quarteto ou quadra; 5 versos: quintilha; 6 versos: sextilha; 7 versos: septilha; 8 versos: oitava; 9 versos: nona; 10 versos: décima; mas de 10 versos: estrofe irregular.

Referências em Sonetos

A maioria dos Sonetos Clássicos são decassílabos, sendo referência deles Bilac, Camões, Bocage, Florbela Espanca, entre outros.

Sonetos dodecassílabos também são chamados de Alexandrinos.

1 Comentário

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: