Sonhar

Sonhar

Sonhar

Sonhar contigo à noite me fez bem
e renovou-me a alma entristecida
trazendo os bons momentos de uma vida
que dividi contigo e mais ninguém!…

Me deste do teu corpo a acolhida
no amor que, pelos anos, se mantém
a saciar-me ali, no vai-e-vem
dos ventres com vontade desmedida…

Até, no teu perfume, aqui no leito
deixastes como alento pro meu peito
um pouco de quem és perto de mim…

Me fez, e tanto, bem sonhar contigo
tal se me desse a paz de um bom abrigo
em meio a essa saudade, assim, sem fim!…

Soneto: Sonhar – Paulo Braga Silveira Junior – Junho/2020

Adquira o seu 110 Novos Sonetos

Outros Sonetos

Passarinho

Intimidade

Dormes

Vendaval

Urgência

Idade

Poesia, Poema e Soneto

ALMA NUA (Ruth Olinda Gentil Sivieri)

Ainda que triste a caminhar, eu sigo,
despida desse amor que me consola…
Sem ter carinho, essa sorte maldigo,
mesmo sabendo que a vida é escola.

A minha crença, para o abismo rola,
tudo eu desprezo, mais nada eu bendigo,
porque a vida me deu somente esmola
e a desesperança como abrigo.

Desconsolada, sigo assim, sem ti,
tal qual um pobre espectro na rua,
a procurar caminhos que eu não vi.

Sendo feliz nessa infelicidade,
minha alma segue triste e quase nua,
embrulhada no manto da saudade.

TUA IMAGEM (Ruth Gentil Sivieri)

Tua imagem foi pintada em uma tela,
um quadro que jamais pintar ousara,
onde a beleza assim desabrochara
em meio a tintas mil de uma aquarela.

A cor de fundo só seria aquela,
contrastando o contorno em forma rara,
deixando-a mais sutil e mais que bela
notando a perfeição que era bem clara.

Nessa visão eu pude mais amar-te.
Muito e bem mais que todos os amores
de minha vida sempre foste parte,

resplandecendo em todos os primores,
agora retratado em bela arte
possa eu amar-te mais e sem clamores.

3 Comentários

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: