Uma árvore – João Roberto Gullino

Uma árvore – João Roberto Gullino

Uma árvore – João Roberto Gullino

Banner para Blog 110 sonetos paulo braga

Árvore preciosa quando existe,
de amizade foi tão bem batizada,
nasce ao acaso até sem ser semeada,
mesmo na tempestade ela resiste.

Se cuidada e mantida, ela persiste
em ficar bem florida e desdobrada,
quando ramificada e não podada
no modelo do belo em que consiste.

Se cultivada, para ser bem forte
não basta uma estrutura simplesmente,
há que ter das raízes o suporte.

Apenas, muito régia, toda pura,
mas de fragilidade assim patente,
morre pela mais leve arranhadura…

Banner para Blog 110 sonetos paulo braga

Mais Sonetos:

Selvagem

Tempestade

Confesse

Princesa

Entrelaçar

Inquieta

6 Comentários

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: